Brasil e os países que morei na Europa

Qual a maior diferença entre o Brasil e os países que morei na Europa?

A maior diferença, é que eu consigo comprar uma barra gigantesca de Milka por 1,99 aqui na Europa, e no Brasil é R$32,00. Prioridades.

Mas falando sério agora, existem várias diferenças entre o Brasil, e os países europeus, e eu não vou entrar na questão primeiro mundo e país em desenvolvimento. Vou contar aqui as diferenças que tenho visto e vivido aqui e no Brasil. Vamos lá!

Acredito que uma das coisas que eu mais gosto aqui é o fato de cada um cuidar das suas coisas, as pessoas são super independentes, e eu acho isso incrível. Eu sempre fui solteira no Brasil e nunca tive vontade de namorar por vários motivos, entre eles aquela dependência que eu sempre observei em casais no Brasil. Nunca me pareceu saudável, e eu ficava imaginando “nossa, Deus me livre namorar, paciência zero”. E aqui na Europa não. O casal, na maioria das vezes, cada um tem seu grupo de amigos, as vezes saem todos juntos, todos separados, ou só o casal. É maravilhoso, livre.

Outra coisa que aqui é bem diferente, não sei se do Brasil inteiro, mas do Rio de Janeiro com certeza, é a educação das pessoas. Sério, coisas simples como esperar quem está no trem, sair pra você poder entrar. No Rio de Janeiro isso não existe. E quando acontece de esperarem quem está no trem sair, na hora de entrar todo mundo quer entrar ao mesmo tempo, e todo mundo empurrando todo mundo pra conseguir um espaço pra sentar.

Vamos falar de roupas? Um dia desses eu postei no Instagram, uma foto minha com um look completo que eu gastei menos que 30 euros. Gente, 30 euros, um tênis, vestido, blusa e jaqueta!! Tudo bem que foi uma promoção maravilhosa, mas ainda assim, mesmo sem promoção, por aqui você encontra várias lojas com preço popular, e que tem várias roupas legais e bem variado.

Uma coisa que amo no Brasil, é quando saio pra beber com os amigos, e a gente sempre compra aquelas porções de aipim com carne seca, ou qualquer outra coisa gostosa. Aqui não tem muito disso, normalmente é só cerveja mesmo.

Aqui você entra no ônibus, trem e metrô, e quase não tem ninguém fiscalizando se você pagou ou não. Nem roleta tem. Mas todo mundo paga o bilhete direitinho, ou compra um pacote mensal. Vocês acham que isso funcionaria na sua cidade do Brasil?

Eu sempre falo pro meu namorado que Brasileiro quando conhece alguém essa pessoa vira parte da família. E isso não acontece aqui. As pessoas não são tão abertas a amizade como no Brasil.

Algo muito diferente do Brasil são as festas de aniversário. Eu fiquei chocada quando a festa de 2 anos do meu host kid só tinha um bolo daqueles rocambole que vende no supermercado. No Brasil os pais gastam uma grana alugando salão, comprando enfeite e etc. Hoje em dia eu acho uma besteira gastar dinheiro com isso, mas é tão legal aquele festão até as 3 da manhã, e voltar pra casa com o pratinho de docinho e salgadinho. Amo!

Hoje a tarde eu e meu namorado fomos na sorveteria daqui de Bussum (Holanda), mas nós dois só estávamos com o cartão de débito, e eles não tem a máquina lá. Mas como isso acontece normalmente, eles têm um cartão com o número da conta bancária da sorveteria, onde a pessoa pode transferir o dinheiro pra conta deles depois. Quão incrível é isso?

Eu sou apaixonada pelo Brasil, e principalmente pelo Rio de Janeiro. Toda vez que conheço alguém aqui faço questão de falar coisas boas do Brasil. Mas morar aqui tem sido a melhor coisa que aconteceu na minha vida, por vários motivos. <3.

Gostaria que todo mundo tivesse a oportunidade de viver experiências diferentes, viver em outro cultura, e conhecer lugares novos sempre que possível. Esse mundo é enorme, e tem tanta gente incrível por aí, fazendo coisas que nunca nem imaginamos.

Espero que vocês tenham gostado desse post, e compartilhem um pouco da experiência de vocês. Eu vou amar conhecer!! <3

Não esqueçam de me seguir no instagram @ingridcostablog, e de se inscrever no canal Ingrid Costa

Beijos, Ingrid Costa.

6 Comments

  1. Sapelhi

    20 de agosto de 2017 at 00:33

    Oi, Ingrid! Conheci seu blog agora e estou adorando, amo suas tips no blogdas30aupairs, muito obrigada \0/
    Uma dúvida, tu sabes dizer se o dinheiro do au pair na Bélgica rende mais do que na Holanda? O pocket é maior, €450, mas o custo de vida no país acaba compensando?
    Obrigada por ter lido, tu tens um estilo muito lindo! Xoxo bye

    1. ingridcosta

      20 de agosto de 2017 at 18:12

      Ah obrigada por acompanhar! <3 Rende mais sim por que os dois países são bem parecidos em relação a preço, e pra algumas cisas na Bélgica sai até mais barato. E nem todas as famílias da Holanda pagam 340. O salário da Bélgica compensa muito, mas seu eu puder dar um conselho, vá pra Holanda! Melhor ugar no mundo! <3 Obrigada pelo carinho! Beijos, Ingrid Costa

  2. Isabela

    19 de setembro de 2017 at 10:33

    Me identifiquei muito com a sua opinião sobre os relacionamentos no Brasil. O pessoal age como se fosse uma obrigação, ao namorar alguém, andar quase que amarrado com o parceiro para todo lado. Nunca achei interessante e também nunca namorei. Até conversando com estrangeiros eu vejo uma aproximação deles muito mais coerente e ponderada, procuram conhecer a outra pessoa de verdade antes de demonstrar qualquer sentimento e acho isso tão mais maduro em relação a como agem aqui! É uma diferença gritante.
    A questão da amizade, embora eu nunca tenha morado no exterior, varia mesmo no Brasil de região para região. Moro no Paraná e aqui não é tão fácil fazer amigos, mesmo em locais de socialização mesmo, tipo bar e balada. A relação entre amigos porém, talvez seja diferente mesmo.
    Gostei das diferenças que você observou, foi além do usual!

    1. ingridcosta

      22 de setembro de 2017 at 07:06

      Obrigada Isabela! Eu realmente vejo uma diferença gritante nos relacionamentos, pois isso sempre me incomodou muito. E em relação a amizade, eu sou do Rio de Janeiro, e carioca é muito dado né?! Carioca faz amigos em qualquer lugar, ou situação. Obrigada por visitar o blog! Beijos Ingrid Costa

  3. Noemi

    1 de outubro de 2017 at 19:41

    Mulher !!! Conheci seu trabalho a pouco menos de meia horas e ja li dois postes seu . Ah! To amando e me encontrando em alguns pensamentos . 😍😍😍

    1. ingridcosta

      2 de outubro de 2017 at 05:47

      Ah que lindaaaaa! Obrigada!

Leave a Reply